22 de outubro de 2018
Categorias Seguros

Verdades e mitos sobre seguros

O investimento em seguro é uma das melhores garantias que podemos adquirir para nossos bens, sejam eles materiais (como seguro de casa, carro, moto, apartamento, etc.) ou imateriais (como saúde e vida). Mas sempre ficam algumas dúvidas, antes de obtermos um contrato com a corretora e será exatamente isso que abordaremos a seguir. Continue lendo e compreenda algumas verdades e alguns mitos sobre os seguros.

Quem tem carro, imóvel ou bens antigos, paga seguro mais caro?

Sim, esta afirmação está correta. Quanto mais o bem, imóvel ou automóvel for antigo, mais caro será. Isso dá-se ao fato de que as peças de reposição (para carros), a qualidade e tecnologia na arquitetura (do imóvel), costumam se tornar mais caros ou mais difíceis de manter o seu padrão. No caso de carros e motos, por exemplo, é mais difícil conseguir encontrar peças e, consequentemente, aumenta o custo para a manutenção do veículo.

Os bloqueadores e rastreadores podem reduzir o preço do seguro?

Sim! Este item é a mais pura verdade. Ocorrendo principalmente em automóveis, tanto motos quanto carros que possuem rastreadores ou bloqueadores, podem obter um desconto de até 20% em cima do valor do seguro. Os chamados dispositivos de segurança, trazem uma proteção a mais para os veículos, facilitando assim, a localização do bem.

Este fato é devido ao procedimento se tornar ainda mais fácil. A seguradora não precisará gastar um preço exorbitante nas peças de seu automóvel, ou não precisará esperar a peça chegar, dependendo de seu valor, ano e acessibilidade. Isso será de grande ajuda tanto para a seguradora, quanto para o cliente, que conseguirá obter seu bem ainda mais rápido.

O contrato de forma geral, com uma seguradora é algo muito caro?

Este é mito, podemos usar a casa ou apartamento como exemplo, que, na maioria das vezes, são itens e bens de maior valor de um indivíduo. O seguro residencial custa em média de R$ 300,00 a R$ 500,00, e pode variar conforme as seguradoras ou pacotes de coberturas escolhidos.

É necessário que seja avaliado proporcionalmente o valor do imóvel. Assim, a pessoa poderá observar se o preço da seguradora faz jus ao imóvel que possui e se a proteção é acessível. E se caso o segurado considerar alguns benefícios que a apólice de seguros oferece, como um pacote de assistências gratuitas para a residência (como chaveiro, encanador e eletricista), ele deverá notar que o valor final fica bem mais em conta.

Seguro reembolsa todos os materiais dentro do imóvel nos casos de incêndio!

Este também é mito. É importante saber que as coberturas básicas seguram os danos ocorridos no raio do incêndio, na área da queda do raio e em casos de explosão. Entretanto, é importante que o cliente cheque quais danos ocorridos no incidente e também quais os bens que estão previstos na apólice de seguro. É importante acrescentar os objetos de valor que, ocasionalmente, não se encontram vigentes no contrato.

Em relação aos bens no interior do veículo, há cobertura?

Este é outro mito que é muito comum perambular no conhecimento de alguns. Porém, infelizmente, não há cobertura objetos dentro do veículo, como por exemplo: celulares, computadores, câmeras, e quaisquer outros bens. Por este motivo, é extremamente importante não deixar nenhum objeto dentro do veículo quando deixar seu carro estacionado.




Ficou com alguma dúvida?
Corretor Online
Abrir Atendimento Online

Ou nós ligamos para você
Realize uma cotação
e simule online
Entre em contato conosco e encontre o melhor benefício para você!