22 de abril de 2019
Categorias Seguros

Diferença seguro de vida x seguro de acidentes pessoais

Seguro não é tudo igual. Algumas diferenças, por vezes sutis, acabam por fazer grande diferença na hora de utilização do seguro. Por isso, o conhecimento sobre as diferenças existentes devem ser pleno, principalmente no momento da contratação.

O seguro de acidentes pessoais não é a mesma coisa que o seguro de vida. A seguir, vamos analisá-los para perceber a diferença.

Seguro de vida

Basicamente pode-se dizer que o seguro de vida é destinado à proteção daqueles que, financeiramente, dependem do segurado. Ou seja, em caso de morte do segurado, haverá uma cobertura. Esta que é um valor estipulado em apólice a que terão direito os beneficiários indicados por quem contratou o seguro.

O que deve estar em mente é que a proteção do seguro de vida é para terceiros, para aqueles com quem o beneficiário tem a preocupação de que poderão ficar desamparados em caso de sua ausência.

Quer saber mais sobre seguro de vida? Veja essas sugestões:

Seguro de acidentes pessoais

Nestes casos, a cobertura tem como objeto o próprio segurado. Em caso de algum tipo de acidente que venha a gerar a invalidez em algum grau. A cobertura prevista em apólice estará atrelada ao grau de incapacidade apurado.

Assim, a proteção será direcionada ao próprio segurado que, se vendo uma situação de redução de sua capacidade de ganho ou com necessidades especiais, e normalmente caras, poderá estar monetariamente amparado.

Exclusivo para acidentes

O seguro de acidentes pessoais se destina exclusivamente a cobrir situações que tenham como origem, como o próprio nome diz, acidentes. Os eventos desencadeadores de uma possível indenização por este tipo de seguro deve necessariamente ter origem acidental.

Para quem é mais indicado

Enquanto o seguro de vida é indicado para todas as pessoas, o seguro de acidentes pessoais tem como público mais indicado os profissionais liberais, autônomos, ou qualquer tipo de profissional que dependa exclusivamente de sua condição física ou mental para exercer sua profissão e obter sua renda.

Nestes casos, sofrer um acidente pode significar a impossibilidade de dar continuidade às suas funções e, com isso, comprometer significativamente a sua renda e de sua família.

Também são indicados para o caso de trabalhadores que, embora contem com o registro em carteira, não tenham, por parte da empresa, a segurança de seguro em grupo (ou empresarial) em que possam se amparar nesses momentos.

Depender exclusivamente de benefícios da previdência oficial para manter-se em momentos de acidente pode ser significado de grandes problemas.

Custos

Uma grande diferença também pode ser observada na questão dos custos de contratação dos dois tipos de seguro analisados.

O seguro de vida sofre variações significativas quando analisa a questão da idade do contratante, fazendo com que, em situações de idade mais avançada, o preço também seja consideravelmente mais alto.

No seguro de acidentes pessoais, embora sejam levados em conta inúmeros itens, como profissão, práticas pessoais, etc., a idade não é o fator primordial, pois a acidentes qualquer pessoa está exposta, ainda que em maior ou menor grau.

Apólice Individual ou Coletiva

Em ambos os casos a contratação pode ser através de apólices individuais e coletivas.

No caso das apólices individuais, são levadas em conta situações de ordem pessoal e, ainda, que contem com a diferença entre se tratar de seguro de vida ou de acidentes pessoais para verificar o que implicará mais (no preço), as condições são tratadas individualmente.

Na contratação de apólices coletivas, que normalmente são contratadas por empresas, associações, condomínios ou clubes, não há como serem analisados casos específicos, mas sim as condições de uma maneira global.

Nas apólices coletivas, ao invés de serem analisadas as condições de uma pessoa especificamente, são observados os riscos inerentes ao local e às atividades que ali são exercidas.

Diferença básica

Assim, o que deve estar em mente na contratação do seguro de vida ou acidentes pessoais é quem será o protegido pelo seguro.

Na modalidade de vida serão beneficiárias as pessoas indicadas (filhos, esposa, pais ou quem for apontado), enquanto no de acidentes pessoais é o próprio segurado em caso de necessidade.




Ficou com alguma dúvida?
Corretor Online
Abrir Atendimento Online

Ou nós ligamos para você
Realize uma cotação
e simule online
Entre em contato conosco e encontre o melhor benefício para você!