19 de agosto de 2019
Categorias Seguros

5 dúvidas mais comuns sobre seguros

Seja seguro de vida, automotivo ou residencial, a verdade é que não entendemos muito como funciona o processo. Surgem dúvidas sobre a seguradora, sobre a corretora e no final das contas tudo vira uma bagunça muito grande para quem é cliente.

Se identifica com o que citei aqui? Nesse texto irei desmistificar o mercado de seguros e trazer para você a resposta para as perguntas que você se faz sempre que o tema entra em pauta.

 

O que são seguradoras?

Essa é a primeira coisa que tem que se entender antes de eu adentrar em qualquer dúvidas sobre a competência de uma seguradora ou de suas ações. Seguradoras são empresas que assumem um risco pelo cliente a fim de indenizá-lo sobre qualquer prejuízo.

Elas são autorizadas a trabalharem com esse tipo de negócio pelo SUSEP, que é a superintendência de seguros privados, e seu serviço de indenização ocorre por meio de um pagamento mensal ou anual de uma apólice, que nós comumente chamamos de seguro.

 

1. Qual a diferença entre seguradoras e corretoras de seguro?

Essa é uma das dúvidas mais frequentes entre as pessoas que querem adquirir esse tipo de serviço, então vamos lá.

Como já mencionei, a seguradora é responsável por dar a indenização para o cliente por meio de um pagamento mensal ou anual de uma apólice, já a corretora é responsável por entregar o produto da seguradora ao cliente. Então, de forma simplificada, a corretora é uma comerciante, uma ligação entre a seguradora que quer vender o seguro e você, que quer comprá-lo.

 

2. Existe diferença entre corretora online e física?

Não, você pode optar por utilizar qualquer um dos dois modelos de negócio. A função da corretora será criar a ponte entre a seguradora e o cliente, independente de ser online ou física ela terá que fazer valer o contrato que foi firmado, garantindo proteção para ambas as partes.

 

3. Como escolher uma corretora?

Como já mencionei, corretoras têm de cumprir sua função, então foque em buscar corretoras com reconhecimento de mercado.

Reconhecimento e reputação são sempre os primeiros pontos a serem considerados, em seguida, após fazer uma lista de empresas que entregam um serviço de qualidade você poderá analisar o preço e escolher qual se encaixa melhor na sua realidade.

 

4. Indenização total para automóveis

Essa é uma dúvida muito recorrente, o seguro de automóvel é o mais comumente utilizados atualmente, e a maior dúvida dos cliente é: quando eu tenho direito a indenização total? Então irei responder!

Em casos de acidentes, onde o prejuízo ultrapasse 75%, ou menos, caso for acordado entre as partes, do valor contratado pelo seguro. Em casos de roubo do veículo, onde o mesmo não seja recuperado, o cliente também tem direito a indenização total.

 

5. Como se deve proceder para o recebimento da indenização?

Em caso de sinistro (dano a propriedade assegurada) deve-se entrar em contato imediatamente com a seguradora, preencher o formulário e entregar os documentos acordados no contrato.

Em casos de indenização parcial o processo deve ser o mesmo, e em seguida você estará livre para levar o veículo em uma oficina de sua preferência e realizar os reparos necessário, porém podem ser oferecidas vantagens para utilizar oficinas credenciadas. É importante frisar que você deve esperar a liberação da seguradora para realizar o procedimento.

Leia também: Mitos e verdades sobre seguros

São muitas dúvidas que surgem quando se trata de uma coisa nova, ao menos para nós, então é sempre bom se inteirar por dentro do assunto antes de fechar qualquer negócio para que você não seja lesado. E como nos dias atuais, utilizar seguros é algo essencial, estar por dentro do assunto é de extrema importância.




Ficou com alguma dúvida?
Corretor Online
Abrir Atendimento Online

Ou nós ligamos para você
Realize uma cotação
e simule online
Entre em contato conosco e encontre o melhor benefício para você!