14 de agosto de 2019
Categorias Seguros

Como funciona o seguro de vida?

Se você está pensando em fazer um seguro de vida, fique de olho nesse artigo. Vamos trazer as principais características do funcionamento deste seguro, como é calculado o valor do mesmo, entre outras informações.

 

O que é seguro de vida?

O seguro de vida nada mais é que um tipo de contrato que uma pessoa faz com uma seguradora, com o objetivo de conseguir uma proteção financeira para os seus dependentes em caso de morte do segurado. O seguro de vida, também pode ser utilizado nos casos de doenças graves e invalidez.

Dessa forma, a atenção no momento de contratar o seguro é muito importante, porque o valor do seguro varia conforme a especificidade do seguro, como também as taxas cobradas.

Portanto, saiba muito bem para que você deseja fazer o seguro de vida, qual a melhor cobertura, entre outros fatores que podem surgir no momento da negociação. Avalie a sua necessidade e da sua família, principalmente, no caso de precisar desse seguro.

 

Como é calculado o valor do seguro?

O valor do seguro é calculado conforme a idade de quem solicita. Dependendo da segurado, pessoas acima dos 60 anos podem encontrar restrições ao tentar fazer o seguro. Já em casos de renovação do seguro, existem algumas tolerâncias definidas a partir da idade do segurado.

Ou seja, quanto mais tarde a pessoa decidir fazer o seguro, maiores serão as restrições da segurado e o valor das parcelas da apólice.

 

Quem pode se beneficiar do seguro de vida?

Você pode escolher quem você quiser como beneficiário do seu seguro de vida e a substituição dessas pessoas por outras pode acontecer a qualquer momento e quantas vezes forem necessárias.

Não existe questões obrigatórias de parentesco ou idade, o segurado é livre para escolher quem será o seu beneficiário.

 

Pode acontecer de não ter beneficiários?

Em casos onde o segurado não escolhe quais serão os seus beneficiários, a divisão do seguro ocorre da seguinte forma. Metade do seguro será pago ao cônjuge, oficialmente registrado. E a outra metade será distribuído aos herdeiros do segurado em ordem de hereditariedade.

Existe ainda, o seguro de vida contratado para o pagamento de dívidas, portanto, em caso de morte, doença grave ou invalidez, o dinheiro do seguro será usado para pagar as dívidas do contratado. Portanto, o seguro pode ser utilizado para o pagamento de financiamentos imobiliários e empréstimos.

 

Qual a diferença entre o seguro de vida e o seguro de acidentes pessoais?

O seguro de vida, como já falamos anteriormente, é usado como uma indenização em casos de morte, independentemente da causa.

Já o seguro de acidentes pessoais é um indenização em caso de morte em decorrência de acidentes.

Conforme cada especificidade, cada um dos seguros apresentam um valor diferente. Como no seguro de vida, o pagamento é realizado mediante a morte do segurado, em qualquer circunstância, o valor do seguro é mais alto. No caso do seguro de acidentes pessoais, o valor do seguro é menor, devido a característica do seguro.

Ainda, existem uma boa diferente entre os seguros no que se refere ao cálculo do prêmio, já que o segundo seguro não faz distinção de idade seu valor não se altera com o avanço da idade.

 

Toda vez que fizer um contrato financeiro devo contratar um seguro de vida?

Os bancos, normalmente, ainda, obrigam a aquisição de um seguro de vida em casos de outras contratações financeiras. Fique atento a isso, pois essa prática é proibida e você tem o amparo do Código de Defesa do Consumidor.

Esperamos que com esse artigo você tenha entendido como funciona o seguro de vida. Não se esqueça de compartilhar nas suas redes sociais.




Ficou com alguma dúvida?
Corretor Online
Abrir Atendimento Online

Ou nós ligamos para você
Realize uma cotação
e simule online
Entre em contato conosco e encontre o melhor benefício para você!