23 de janeiro de 2021
Categorias Seguros, Vida

Como funciona um seguro de vida?

Seguro De Vida

Se você entrou aqui, é porque provavelmente está pensando em contratar um seguro de vida. Então, dá só uma olhada nessa matéria que preparamos para você: Vamos mostrar as principais características e funcionamento desse seguro.

Além disso, mostraremos até mesmo como é calculado o valor dele, e também algumas outras informações importantes. Confira:

O que é seguro de vida?

O seguro de vida nada mais é que um contrato que uma pessoa faz com determinada seguradora. O objetivo disso é conseguir uma proteção financeira para seus dependentes em caso de morte. Mas o interessante, é que o seguro de vida pode também ser utilizado em vida, nos casos de doenças graves ou invalidez.

Dessa forma, a atenção no momento de contratar o seguro deve ser dobrada, afinal, o valor do seguro varia conforme a especificidade do seguro, como também as taxas cobradas.

Portanto, saiba com antecedência o motivo pelo qual você quer fazer o seguro. Além disso, tenha em mente as melhores coberturas para você, de acordo com suas necessidades.

Como o valor do seguro é calculado?

O valor do seguro de vida é calculado de acordo com a idade de quem solicita. Dependendo do segurado, pessoas acima de 60 anos podem encontrar dificuldades e restrições ao tentar fazer o seguro. Em relação a renovação do seguro, existem algumas tolerâncias definidas a partir da idade do segurado.

Sendo assim, quanto mais tarde a pessoa decidir fazer o seguro de vida, maiores são as restrições do segurado. Por consequência então, maior o valor das parcelas da apólice também.

Quem pode se beneficiar com o seguro de vida?

Ao contratar o seguro e assinar a apólice, o segurado pode escolher quem serão os beneficiários. Além disso, é possível fazer a substituição dessas pessoas por outras a qualquer momento e quantas vezes forem necessárias.

Não existe questões obrigatórias de parentesco ou idade. Sendo assim, o segurado é livre para escolher qualquer pessoa para ser seu beneficiário.

E se não tiver beneficiário?

Caso o segurado opte por não escolher os beneficiários, a divisão do seguro acontece da seguinte forma. Metade do seguro será pago ao cônjuge, oficialmente registrado. A outra metade então, é paga aos herdeiros do segurado em ordem hereditária.

Existe ainda, o seguro de vida contratado para o pagamento de dívidas, portanto em caso de morte, doença ou invalidez, o dinheiro do seguro é usado para pagar as dívidas do contratado. Portanto, o seguro pode ser utilizado para o pagamento de financiamentos imobiliários e empréstimos.

Qual a diferença entre o seguro de vida e o de acidentes pessoais?

Como já dito acima, o seguro de vida é usado como uma indenização em caso de morte. Isso, independentemente da causa.

Já o seguro de acidentes pessoais, é uma indenização em caso de morte em decorrência de acidentes.

Conforme cada especificidade, cada um dos seguros apresenta um valor diferente. No seguro de vida, o pagamento é realizado mediante a morte do segurado, em qualquer circunstância, o valor do seguro é mais alto.

No caso do seguro para acidentes pessoais, o valor do seguro é menor, devido às características do seguro.

Ainda, existe uma boa diferença entre os seguros ao que se refere ao cálculo do prêmio. Já que o seguro para acidentes pessoais não faz distinção de idade, o valor não é alterado com o avanço da idade.

Conclusão

Hoje, te mostrei como é o funcionamento do seguro de vida. Além disso, você viu como ele é calculado e também a questão dos beneficiários.

Agora, tenho certeza que ficou mais fácil para quando você for contratar seu seguro. Até mais!




Ficou com alguma dúvida?
Corretor Online
Abrir Atendimento Online

Ou nós ligamos para você
Realize uma cotação
e simule online
Entre em contato conosco e encontre o melhor benefício para você!